Mural Inbox: Professor de filosofia, aulas presenciais e a biblioteca no cemitério

A newsletter da Agência de Jornalismo das Periferias

Já imaginou ter aulas de filosofia a partir do ‘dialeto’ das periferias? É assim na sala do professor Fabiano Ramos Torres, morador da Parada XV de Novembro, na zona leste de São Paulo.

“Segundo Mano Brown: ‘não é gíria, é dialeto’”, explica o educador que usa o vocabulário periférico não apenas para ensinar filosofia, mas também para falar de ciências e artes em escolas públicas.

Na semana passada, no Dia dos Professores, Gabriela Alves nos trouxe a história do doutor em Educação pela USP, dono de dreads longos e barba, que o ajudam a afastar a imagem do professor tímido dos primeiros dias diante de seus estudantes. 

Com mais notícias sobre educação, esportes e até curiosidades sobre o Metrô, seguimos para mais destaques!

ECOS DAS OLIMPÍADAS

Do Japão à Jundiapeba, parecem ainda fazer ecos as manobras que garantiram as medalhas olímpicas conquistadas por Rayssa Leal e Kelvin Hoefler em Tóquio.

Reportagem de Jessica Silva traz a história de skatistas que se uniram para tapar rachaduras de uma pista de skate no distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo.

Além de reformar o local por conta própria, o grupo de cerca de cem jovens, de 14 a 17 anos, também enviou um documento para cobrar a prefeitura pela manutenção da pista.

Enquanto isso, texto de Cleberson Santos e Bruna Nascimento revela que Suzano, outra cidade do Alto Tietê, referência no vôlei sentado, tem atraído atletas e coleciona medalhas em Jogos Paralímpicos. Por lá, cinco atletas da seleção brasileira feminina da modalidade, medalhistas de bronze em Tóquio, já miram Paris 2024.

DE VOLTA À SALA DE AULA

Ainda no mês em que é celebrado o Dia dos Professores, Jéssica Bernardo conta como o rodízio de alunos nas escolas gerava sobrecarga de trabalho aos professores durante pandemia.

Já em outra reportagem, a jornalista mostra como pelo menos seis cidades da região metropolitana, como Guarulhos e São Bernardo do Campo, estão retomando o ensino presencial, que passou a ser obrigatório em toda a rede estadual de São Paulo a partir desta última segunda-feira (18).

BARBA, CABELO E SUPORTE

Como mulher lésbica que gosta de usar o cabelo curto, Elaine Dias, 35, teve uma experiência difícil para encontrar um cabeleireiro que a agradasse. Isso tornou-se motivação para que ela, que é barbeira, empreendesse e abrisse a barbearia Lord G, focada no público LGBTQIA+.

Reportagem de Bruna Nascimento retrata a história protagonizada em Suzano, na Grande São Paulo

PRÓXIMA PARADA

No Próxima Parada, o episódio “A biblioteca no cemitério e os guardiões de livros” mostra como uma biblioteca de Parelheiros, no extremo sul, tem obras guardados por moradores enquanto busca nova sede. O espaço funcionou por dez anos dentro de cemitério do bairro e abrigava um acervo com mais de 5 mil obras.

Já o episódio “Torneiras vazias e banho no serviço” narra o drama de moradores, de diferentes bairros, que têm sofrido com a falta de abastecimento de água.

Bom, e se você ainda não segue o Próxima Parada, fica aqui o convite. O podcast tem episódio novo todo dia, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h! É de graça e dá pra baixar para ouvir offline onde você quiser.

CURIOSIDADES DO METRÔ

Você sabia que existem 169 trens rodando na cidade de São Paulo? E que cada trem do Metrô conta com seis carros que, em média, emitem 169 mil avisos sonoros em um dia de operação?

Essas são algumas das oito curiosidades sobre o Metrô (Companhia do Metropolitano de São Paulo) reunidas por Ariane Costa, em texto do 32xSP.

Há 47 anos, no dia 14 de setembro de 1974, entrou em operação comercial a primeira linha de metrô do Brasil: o trecho Jabaquara – Vila Mariana, na zona sul da capital paulista.

A post shared by Agência Mural (@agenciamural)

BLOG MURAL

“A maioria de nós, moradores das periferias, tivemos no contexto familiar ou presenciamos alguma situação na qual crianças, especialmente meninas, precisaram cuidar dos irmãos mais novos ou ajudar no trabalho doméstico”, Aline Kátia Melo, correspondente da Agência Mural, em texto sobre o trabalho infantil e a voz das crianças no contexto periférico.

SALVADOR

Saber horário e funcionamento da xepas, reaproveitar alimentos e cultivar hortas caseiras são opções para fugir dos produtos industrializados e economizar. Reportagem de Joyce Melo apresenta donas de casa, em Sussuarana, Salvador, que dão dicas de alimentação barata e saudável para escapar do miojo.

Ainda na capital soteropolitana, Rosana Silva narra como uma professora criou um projeto para doar livros infantis aos alunos de Pernambués.

Diretor de jornalismo da Agência Mural, nesta segunda-feira (17), Vagner de Alencar bateu um papo sobre a cobertura da covid-19 para os estudantes do curso de Especialização em Jornalismo Científico, do Labjor/Unicamp.

Já no último dia 6, as correspondentes Ariane Costa Gomes e Jéssica Silva compartilharam suas experiências na Agência Mural para estudantes dos 7º anos do Sesi Jandira. A conversa serviu para ampliar o conhecimento dos alunos sobre jornalismo e o gênero entrevista.

Vale conferir o ensaio fotográfico “A gambiologia da sevirologia”, do fotojornalista Léu Britto, que mostra como a população periférica desenvolveu estratégias para sobreviver e se adaptar às adversidades de um contexto de ausências.

O ensaio está disponível em exposição online da editora Porto de Cultura e o fotolivro pode ser comprado pelo e-mail photothingsbr@gmail.com.

Obrigado por chegar até aqui!

Agência Mural tem como missão minimizar lacunas de informação e contribuir para a quebra de preconceitos sobre as periferias. Você também pode participar do nosso programa de apoiadores, o Tijolo por Tijolo, e ajudar a construir esse jornalismo. Vem saber mais!

Obrigado a todos e todas.

Edição: Vagner de Alencar
Contato: vagner@agenciamural.org.br
Saiba mais em: www.agenciamural.org.br

Se recebeu este email de alguém e quer assinar nossa newsletter, só entrar aqui.

Nossos apoiadores: Adriana Schor, Alexandre Eleutério Santos Lourenço, Amanda Rahra, Ana Beatriz Felicio, Ana Fontes, Ana Okada, Anderson Meneses, André Santos, Andrea R. Laurenti Magri, Angela Pimenta, Carlos Bonfim, Carolina Figueiredo Gomes, Clarissa Menezes Homsi, Cléberson Alcântara dos Santos, Deborah Rebello, Diego Sammarco Martins, Edna Torres Felicio Câmara, Érica Peçanha, Fausto Salvadori Filho, Flavia Cerruti, Frederico de Faria e Silva, Gabriel Lopes de Paula, Gabriela Kimura, Gabriela Silva de Carvalho, Gabriella Beira, Gilberto Vieira, Giovanna Colacioppo, Gisele Alexandre, Giulia Murakami Mendonça, Guilherme Alpendre, Guilherme Prado Moi, Gustavo Faleiros, Halitane Rocha, Heitor Henrique dos Santos Pontes Eugenio, Izabela Moi, Jariza Rugiano, Jessica Bernardo Marcelino de Lima, Joao Cesar Pereira Fernandes, Jonas Ortiz de Camargo, Juleusa Maria Theodoro Turra, Julia Vieira Reis, Juliana Gamarano Calió, Juliana Doretto, Kátia Flora dos Reis, Laís Rocha, Leonardo Nunes Silva, Lívia Lima da Silva, Lucas de Oliveira Gelape, Lucia Monteiro Mesquita, Luciana Fernandes dos Reis, Luciana Vieira Cobra, Luis Nascimento, Magno Borges, Marcela Duarte, Marcelo Granja, Marcia M F Terlizzi, Maria Luiza Costa Nery, Mariluce Moura, Marina Iemini Atoji, Matheus Fernandes Abilio Menezes, Nina Weingrill, Patricia Morimoto Minamizawa, Patrícia Vilas Boas Alves da Silva, Paula Carolina de Andrade Carvalho, Paula Santos de Carvalho, Paulo Henrique Pires Firmo Pereira, Paulo Talarico, Renan Tetsuo Omura, Roberta de Souza Lobo Stirbulov, Rodolfo Augusto de Araujo Almeida, Rodrigo Borges Delfim, Sandra Muraki, Sheila Prado Saraiva, Tamiris Gomes da Silva, Thalita Archangelo, Tiago Rogero, Tonico Ferreira, Vanessa Adachi e Welington Sousa Matos.