Mural Inbox: São Paulo e seus nordestinos

A Newsletter da Agência Mural de Jornalismo das Periferias

Maria ao lado de Meg, a cadela labrador que era da filha caçula. Ela veio do Alagoas para visitar o marido e nunca mais voltou | Ira Romão/Agência Mural
Maria veio do Alagoas para visitar o marido e nunca mais voltou. Ao lado dela está Meg, a cadela labrador que era da filha caçula | Ira Romão/Agência Mural

A cidade de São Paulo completou 467 anos nesta segunda-feira (25), e a primeira Mural Inbox deste ano traz um material que marca uma das principais características dessa cidade: a riqueza de sua população nordestina.

Ao longo dos últimos meses, conversamos com moradores das periferias dos nove estados do Nordeste sobre o que os levaram à escolha da capital paulista, os desafios de chegar sem nada e como conseguiram driblar dificuldades e preconceitos para crescer nesta cidade tão desigual.

São histórias de esperança e renovação de quem conseguiu superar barreiras difíceis para constituir sua família, e veem hoje nos filhos a primeira geração de formados na universidade.

Esta primeira Mural Inbox do ano marca também uma mudança nessa conversa com você. Para alinhar nossos conteúdos, vamos marcar às terças-feiras, semana sim, semana não, tudo sobre a cobertura das periferias.

CIDADE ARRETADA

Em São Paulo, Francisco precisou fazer bicos, se firmando no serviço de pintura em geral, tanto de imóveis, como de automóveis. O sonho era viver só de música | Léu Britto/Agência Mural

São Paulo é uma cidade arretada. A contribuição dos migrantes nordestinos não se restringiu à mão de obra no século passado, mostra reportagem especial de Ira Romão e Léu Britto. “Há uma contribuição na cultura, arte, urbanização social e uma grande contribuição na política também”, afirma o sociólogo José Carlos Alves Pereira. Foi com essa essa ideia que ouvimos 11 moradores das periferias, com ao menos um representante de cada estado.

São histórias como a de Maria, 58, que nasceu na Paraíba e só encontrou o marido, o pernambucano Toninho, 63, porque veio para São Paulo. A ideia de ser uma “terra de oportunidades” seduziu a cearense Lucicleide, 44, que hoje tem um restaurante no Jaraguá, e o garçom aposentado José, 63, natural de Sergipe. Já Cloves, 53, e Josete, 49, se casaram em Pernambuco, mas com a primeira filha a caminho decidiram tentar a sorte em Paraisópolis. No caso da potiguar Ana Sueli Ferreira da Silva, 55, a vinda foi a forma de fugir da violência familiar que vivia na terra natal.

DE OLHO NA VACINA E NA PANDEMIA

Não deixaremos de lado a cobertura da pandemia e como ela afeta as periferias ainda mais por conta do vírus da desigualdade. A vacinação contra a Covid-19 na Grande São Paulo começou, mas o número de doses recebido inicialmente indica o quanto esse processo levará tempo. Houve municípios com apenas 300 doses inicialmente. Enquanto isso, a lotação dos leitos para tratar de Covid-19 segue preocupando e saltou de 39% para 71% em apenas dois meses.

DEPRESSÃO E VOLTA ÀS AULAS

Entre os impactos na vida de moradores das periferias está o agravamento de casos de depressão, como mostra reportagem da Agência Mural na Folha. Também abordamos as incertezas de mães e professores das periferias sobre como será a volta às atividades presenciais.

32xSP

O orçamento da cidade de São Paulo será menor do que o previsto para o ano passado, e os cortes também foram sentidos nas subprefeituras. No 32xSP está o valor que cada região deve receber.

BLOG MURAL

A Agência Mural criou uma política de privacidade e proteção de dados, tendo em vista a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). O codiretor Anderson Meneses fala sobre essa medida e a importância da transparência com o leitor em artigo no blog Mural.

EM SALVADOR

Também começamos 2021 com reportagens dos correspondentes de Salvador. Em Pernambués, um negócio culinário proporciona cozinha afetiva para despertar memórias e sabores. Ainda na capital soteropolitana, empresas têm investido em negócios inspirados nas religiões afrobrasileiras nas periferias da cidade. 

Na Ponte Jornalismo, os Quilombos virtuais: a resistência coletiva das mulheres negras no Brasil.

Obrigado por chegar até aqui!

Agência Mural tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a quebra de preconceitos sobre as periferias da Grande São Paulo. Essa cobertura da Mural só existe por sua causa, por acreditar na nossa missão e no nosso trabalho.


Edição: Paulo Talarico
Contato: paulo@agenciamural.org.br
Saiba mais em: www.agenciamural.org.br

Se recebeu este email de alguém e quer assinar nossa newsletter, só entrar aqui.

Nossos apoiadores: Adriana Schor, Alexandre Eleutério Santos Lourenço, Amanda Rahra, Ana Fontes, Ana Okada, André Santos, Andrea R. Laurenti Magri, Angela Pimenta, Antonio de la Pena Garcia, Bruna Laura Alves do Nascimento, Camila Carvas, Carina Barros, Carolina Figueiredo Gomes, Clarissa Menezes Homsi, Deborah Rebello, Fausto Salvadori Filho, Fernanda Bueno e Silva Bandeira, Flavia Cerruti, Frederico de Faria e Silva, Gabriel Lopes de Paula, Gabriela Aparecida dos Santos, Gabriela Silva de Carvalho, Gabriella Beira, Gisele Alexandre, Gustavo Faleiros, Izabela Moi, Jariza Rugiano, Jessica Bernardo Marcelino de Lima, Joao Cesar Pereira Fernandes, Jonas Ortiz de Camargo, Julia Vieira Reis, Juliana Doretto, Karine Gomes, Katia Flora dos Reis, Leonardo Nunes Silva, Lívia Lima da Silva, Lucia Monteiro Mesquita, Luciana Fernandes dos Reis, Luciana Vieira Cobra, Luís Otávio Felipe Ribeiro, Marcela Duarte, Marcelo Granja, Marcia M F Terlizzi, Maria Luiza Costa Nery, Marina Darmaros, Marina Iemini Atoji, Matheus Fernandes Abilio Menezes, Nina Weingrill, Patricia Morimoto Minamizawa, Patrícia Vilas Boas Alves da Silva, Paula Carolina de Andrade Carvalho, Paulo Talarico, Rafael Balago, Renan Tetsuo Omura, Roberta Lippi, Rodolfo Augusto de Araujo Almeida, Rodrigo Borges Delfim, Talita de Araujo Magalhães, Thalita Archangelo, Tiago Barizon, Tiago Rogero, Tonico Ferreira, Vanessa Adachi.